segunda-feira, novembro 24, 2008

Raiz...apego


Não quero quimeras, utopias...quero sonhos. Abraçar o sonho que almeja, correr por entre os campos, saborear a liberdade de ser! Não quero o quase, quero o além. A cegueira que teima em aparecer, será apenas névoa passageira, quando correr pelos prados... Corro desenfreadamente pelo campo aberto, que me é oferecido, páro junto ao carvalho secular que se ergue, preso às raízes. Estou no alto do meu lugar, avisto a minha terra, vejo o vale que se estende, sento-me no chão, sinto o apego à raiz mais forte. Olho para o cimo da árvores vejo os seus ramos, as suas folhas, o tronco forte, e penso: "cada folha tua tem uma história inscrita, o tronco revela a robustez, os ramos, as várias ramificações que tiveste de ganhar para fazer frente aos inúmeros obstáculos que te apareceram, mas a raiz permanece indestrutível." Uma analogia ressaltou e disse de mim para mim, no fundo somos todos como esta velha árvore. Saimos do apego, do aconchego do lar e da terra que nos viu nascer. Andamos mundo fora, a lutar pelos nossos ideais, a quedarmo-nos, a erguer-nos, a inscrever experiências de vida nos nossos percursos, a abrir caminhos, a fortalecer-nos, mas sempre com o chamamento da raiz.

Ah! e a saudade ímpera, toca-me de leve, sobranceira apela ao retorno e eu digo-lhe: "vou-te beijar em breve, sentir o teu cheiro, retemperar forças, avistar-te." E fico reconfortada por considerar que em breve poderei ver a minha gente, sentir o cheiro a aldeia, à minha aldeia. No entretanto, deixo-me embalar pela brevidade...

7 Comments:

At 25 novembro, 2008 12:46, Blogger O2 said...

a saudade, sempre a saudade... sabes que sinto que ainda enlouqueço de tanta saudade... ou, será que já to loca!

eheheh

beijo e sorri, sorri que sorrir faz bem, dá mais luz e não custa nada! nadica, artigo completamente gratis!

:)

 
At 25 novembro, 2008 18:21, Blogger paulo miranda said...

que esse "em breve" seja mesmo breve . . .

 
At 26 novembro, 2008 18:06, Blogger Ermelinda Silva said...

Se esperamos pelo "em breve" ficamos mesmo no sonho!
O 'em breve' é o já, o agora, o 'carpe diem' de Horácio!
Amanhã, não se sabe! Será que existe amanhã dentro do tempo humano?

Só acredito no amanhã da ETERNIDADE!São convicções!!!

Mas esta cumplicidade entre a filosofia e a poesia e simplesmente bela!

Mais um bom texto!

 
At 26 novembro, 2008 23:54, Blogger Donagata said...

Mais um belíssimo texto que tão bem retrata a saudade...

 
At 27 novembro, 2008 12:39, Blogger Teófilo M. said...

Geralmente só damos falta da nossa terra quando a distância nos leva a reparar que já não sentimos o seu cheiro a não ser em pensamento.

 
At 27 novembro, 2008 21:31, Blogger Lu.a said...

Palavras para quê? Os comentários anteriores dizem tudo! :)

 
At 29 dezembro, 2009 11:35, Blogger freefun0616 said...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,酒店,

 

Enviar um comentário

<< Home